Navegação:  Introdução > Dicas e Perguntas e Respostas >

Como configurar a geração de NFE?

imprimir esta página Página anteriorReterna ao nível anteriorPróxima página

Para que o sistema gere a NF-e – Nota Fiscal Eletrônica corretamente, são necessários algumas configurações e verificar as informações dos clientes, fornecedores e artigos. A seguir uma lista das providências a serem tomadas antes de iniciar a geração da NF-e:

1.Na tabela de Filiais. Abra o registro da filial que será usada para ser o emitente da NF-e e preencha todos os campos existentes;
2.Transação. A transação que pretende usar para Gerar NF-e deve estar configurada com as opções disponíveis para NF-e;
3.Parâmetros Genéricos. Na página <Faturamento> na subpágina <NF-e/NFS-e/NFC-e>, Você deve preencher todos os campos solicitados;
4.Cadastro de clientes. Todos os clientes que serão destinatários da NF-e, quando for Pessoa Jurídica, é necessário ter o CNPJ e uma Inscrição Estadual, válida de acordo com UF dele. Caso o destinatário não tenha Inscrição o campo deve ser preenchido com a palavra “ISENTO”.
5.Cadastro de fornecedores. Caso gere NF-e de entrada deve adotar o mesmo procedimento para os Fornecedores.
6.Cadastro de artigos. As informações cadastrais dos artigos precisam estar completas. As principais exigências da NF-e são as seguintes: Configurações de: ICMS; IPI e Pis/Cofins. Considerando que a configuração de tributação de Pis/Cofins também pode ser feita na Tabela CFOP ou Natureza da Operação; além do Código no NCM.
7.A geração da NFE. Ao final da digitação de uma Nota de Venda ou qualquer outra operação cuja transação esteja configurada com uma das opções para Gerar NFE, o sistema verifica a existência e validade do Certificado Digital e Executa automaticamente todos os procedimentos necessários para gerar a NFE, validar, registrar e emitir o DANFE.

 


Page url: http://utilsoft.com.br/help/index.html?como_configurar_a_geracao_de_nfe.htm